domingo, 27 de setembro de 2009

Galiza: nasce uma cidade da cultura


Os arredores a leste de Santiago de Compostela são um gigantesco estaleiro: 6 edifícios e um bosque circundante no Monte Gaiás serão em 2012 a Cidadade da Cultura da Galiza, um projecto de dimensão ibérica do gabinete do arquitecto Peter Eisenman.

Os 6 edifícios a construir formam 3 pares, que incluem o Museu de História da Galiza e o Centro de Novas Tecnologias, o Teatro da Música e os Serviços Centrais, a Biblioteca da Galiza e o Arquivo da Galiza (hemeroteca). A área será servida por uma rede de caminhos pedonais que serpenteia entre elementos paisagísticos e aquáticos de edifício em edifício e se abre numa praça pública. A rede é inspirada nos 5 caminhois de Santiago e na forma de concha (vieira) que é símbolo da cidade.

Dos 180 milhões iniciais, o custo já vai em quase 400 milhões de euros. Iniciada em 1999, a obra irá terminando por fases até ao final de 2012.

O Teatro da Música, o que à partida mais me interessa, terá capacidade para 1.600 espectadores. Poderá albergar produções de ópera, ballet, concertos sinfónicos, etc., com equipamentos que o tornarão referência para grandes acontecimentos líricos e musicais do circuito internacional. Lá terão lugar muitos dos concertos do Via Stellae.
O conjunto de edifícios , de cobertura homogénea, formará uma carapaça ondulante entrecortada pelos caminhos pedonais que se integrará mimeticamente na topografia irregular do monte Gaiás. Cada janela é objecto de dese ho próprio. O complexo icluirá ainda as já existentes torres desenhadas em 1992 pelo arquiteto John Hejduk.

Video:


Ciudad de la Cultura de Galicia from STGO on Vimeo.

Temo pela marginalização do Porto e da Casa da Música, sobretudo se for para a frente o aeroporto internacional galego de que tanto se fala; mas enfim lá terei de mudar de ares... e já agora, começo a simpatizar com a ideia de um TGV Porto - Santiago :) .

0 comentários :