quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Porta


Dizem que hoje se abriu uma porta. Bem, fechar não fechou. Mas parece-me uma porta velhinha e gasta, talvez com tesouros escondidos, mais provavelmente com entulho na escuridão e alguns ratos.

Há expectativa, não esperança. Expectativa receosa. Segurança, nenhuma. Mudança, para onde? Luzinha ao fundo, quem dera.

Como em qualquer aventura. Vale a pena (etc etc) mesmo que seja um fiasco.

0 comentários :