sábado, 3 de junho de 2017

Seis minuros de paz, por Mendelssohn e Herreweghe


Verleih' uns Frieden gnädiglich
Dá-nos graciosamente a paz




Entre 1830 e 1831 Mendelssohn viajou largamente pela Europa, com estadas em Munique, Salzburgo, Linz, Viena, Graz, Veneza, Florença, Roma, Pompeia, Génova, Milão. Mas a mais demorada visita foi a Roma onde esteve 5 meses e onde compôs esta oração à paz.
Uma obra baseada em três versos que se repetem continuamente em quatro partes vocais. Começa contemplativa e vai em crescendo, até usar todas as forças vocais e orquestrais no último verso, um final caloroso que deixa esperança nessa paz que se anuncia.

0 comentários :

Enviar um comentário