quinta-feira, 13 de junho de 2013

'High Noon': os sons


O cinema também deixa memórias sonoras que não mais esquecem.
O deserto com a música de Maurice Jarre, um navio operático-surrealista com música de Verdi, o bailado na garagem com Bernstein, o Titanic saindo de Southampton com James Horner, a colecção cinéfila de beijos com Ennio Morricone, flamingos voando sobre um lago com John Barry, naves espaciais com Strauss...

Revi / reouvi há pouco High Noon (O combóio apitou três vezes, de Fred Zimmerman), com música de Dimitri Tiomkin. Banda sonora e montagem inolvidáveis.


A famosa balada... e um genérico perfeito .

0 comentários :