quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Lugares comuns a evitar


Eu próprio caio muitas vezes na esparrela, é preciso estar com muita atenção...
( 'caír na esparrela' é um lugar comum :D)

São expressões gastas, tornadas inestéticas pelo uso abusivo, ou porque simplesmente não dizem senão vulgaridades. Abundam nos telejornais e reportagens, sobretudo ao vivo, e nos jornais impressos, nas "notícias do dia", regionais ou nacionais. Penso mesmo que não haveria jornalismo sem discurso de lugares-comuns... Que outro comentário poderia substituir o inevitável 'rasto de destruição' deixado por ciclones, inundações, sismos, lava, explosões, e muitos outros 'sinistros' ?

Mas o lugar comum é também uma quase infalível medida da qualidade de escrita de um autor. Um livro que logo nas primeiras páginas use uns quantos destes clichés merece cesto do lixo. E não faltam por aí, nacionais e traduzidos. Por mais que se previnam os candidatos a autor, ou não querem saber, ou assumem-se como ´vulgares'. Alguns, não por acaso, vêm do jornalismo.

Adjectivos como mítico, esperançoso, incontornável, arrasador; advérbios usados a torto e a direito, como literalmente e deveras ; muletas como mas enfim... ; muitos provérbios, e as famosas onda de destruição, vizinha Espanha, trágico desenlace, vale o que vale, despido de preconceitos, processo kafkiano.

Esta lista é evidentemente incompleta e desactualizada. Agradeço até que quem isto ler ajude com mais sugestões ! Ah, e não quero deixar de referir uma leitura que me deu alguns elementos da lista: o mais recente Mário de Carvalho, "Quem disser o contrário é porque tem razão", um guia prático de escrita de ficção, nas palavras do autor.


- se quiser aumentar o tamanho da letra , use Ctrl + ou o zoom do Menu do navegador -


À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS
A FACA E O QUEIJO NA MÃO
A NÃO PERDER
A PÁGINAS TANTAS
A PENTE FINO.
A TODO O VAPOR
A TOQUE DE CAIXA
A TORTO E A DIREITO
A VER NAVIOS
ABAFAR UM SOLUÇO
ABRIR COM CHAVE DE OURO
ACTUAÇÃO IMPECÁVEL
ADVOGADO DO DIABO
AFAMADO AUTOR
AGRADAR A GREGOS E A TROIANOS
AGUARDAR NERVOSAMENTE /
                                        SERENAMENTE.
ÁGUAS DE BACALHAU
ALTO E ESPADAÚDO
AMARGA DECEPÇÃO
AMIGOS DE PENICHE
AMPLAS LIBERDADES
AMPLO DEBATE
ANTES DE MAIS NADA
AO FIM E AO CABO
APARAR AS ARESTAS
APENAS ALGUNS
APRENDIZ DE FEITICEIRO
ARRASADOR
ÁRVORE CENTENÁRIA
ÁRVORE FRONDOSA
ASSENTAR COMO UMA LUVA
ASSOMO DE CORAGEM / INDIGNAÇÃO
ATAQUE FULMINANTE
ATURADO ESTUDO
AVE DE MAU AGOIRO
BARCO (LEVAR O) A BOM PORTO
BATER A BOTA
BELEZA ESTONTEANTE
BRAÇO DE FERRO ENTRE …
CAÍR NA ESPARRELA
CAIXINHA DE SURPRESAS
CALA-TE BOCA
CALCANHAR DE AQUILES
CALOROSA RECEPÇÃO / ABRAÇO /  
                                             APLAUSOS
CAMINHO JÁ TRILHADO
CATAPULTAR
CENÁRIO  CATASTRÓFICO
CEREJA (A) EM CIMA DO BOLO
CERTO E DETERMINADO
CÉU ESTRELADO
CHAMAR OS BOIS PELOS NOMES
CHEIRO NAUSEABUNDO
CHORAR COMO UMA MADALENA
CHOVER NO MOLHADO
COISAS DO ARCO-DA-VELHA
COM A MAIOR FIRMEZA
COM CERTEZA NÃO IGNORA A QUE…
COMPLETAMENTE !
COMPORTAMENTO IRREPREENSÍVEL
CONSCIÊNCIA PERFEITAMENTE
                                                TRANQUILA
CORAÇÃO NAS MÃOS (COM O)
COROAR (-SE) DE ÊXITO
CORTAR À FACA (DE)
CORTAR A RESPIRAÇÃO (DE)
COSTAS LARGAS - ou QUENTES
CRAVAR O OLHAR
CRUZAR OS DEDOS
CULPA (A) NÃO MORRE (R) SOLTEIRA
DAR ACORDO DE SI
DAR PÉROLAS A PORCOS

DEBELAR AS CHAMAS
DEITAR ÁGUA NA FERVURA
DEITAR FORA O BÉBÉ COM A ÁGUA         
                                             DO BANHO
DEIXAR A PORTA ABERTA  A / PARA
DEPOIS DA CASA ARROMBADA,
                              TRANCAS À PORTA
DESCOMPLEXAR / ADO
DESPIR  DE PRECONCEITOS
DETONAR UM PROCESSO
DISPENSA (R) APRESENTAÇÕES
DOCE ESPERANÇA
DOCE VOLÚPIA
DOURAR A PÍLULA
DOR DE COTOVELO
DURAS CRITICAS
EMENDA (PIOR A) QUE O SONETO
ENCHER CHOURIÇOS
ENVERGAR O CASACO
ERRO CRASSO / GRITANTE
ESBOÇAR UM SORRISO
ESCALADA DE VIOLÊNCIA
ESCURO COMO BREU
ESPERANÇOSO
ESPIRAL DE VIOLÊNCIA
ESTADOS DE ALMA (COM, SEM)
ESTADO DE CHOQUE (EM)
ESTALAR O VERNIZ
ESTAR COM OS AZEITES
ESTRONDOSO SUCESSO
EXCITANTE
FALAR COM OS SEUS BOTÕES
FALAR DE CÁTEDRA
FASCINANTE
FATAL COMO O DESTINO
FATALIDADE IMPREVISTA
FAZ SENTIDO (NÃO)
FAZER CORRER RIOS DE TINTA
FAZER POR MERECER
FECHAR A SETE CHAVES
FIEL AMIGO
FIGURA DE PROA
FLORESTA INSONDÁVEL
FONTE INESGOTÁVEL
FORÇA HERCÚLEA
FORÇOSO CONSTATAR (É)
FORMIGUEIRO HUMANO
FORTUNA INCALCULÁVEL
FRIO COMO A MORTE
FUGIR COM O RABO À SERINGA
FUGIR COMO O DIABO DA CRUZ
FUTURO DIRÁ (O)
GÉLIDO SILÊNCIO
GRANDIOSA MANIFESTAÇÃO
IMPÁVIDO E SERENO
INCONSOLÁVEL
INCORRER EM ERRO
INDESCRITÍVEL DOR
INFAME CALUNIADOR
IMPORTÂNCIA VITAL
IMPRESSÃO DE FELICIDADE (UMA)
INSUPORTÁVEL INGERÊNCIA
INUNDAR DE ALEGRIA / FELICIDADE
IR NO BOM SENTIDO
IRONIA DA HISTÓRIA
JÓIA(S) DA COROA
LAMPEJO DE ESPERANÇA
LANÇAR FARPAS
LER AS PROFUNDEZAS DA ALMA
LÍDER CARISMÁTICO
LITERALMENTE …
LUAR PRATEADO
LUFADA (UMA) DE AR FRESCO
LUZ  AO FUNDO DO TÚNEL

LUZ CLARA
MACACOS ME MORDAM!
MAIOR E VACINADO
MAIS VALE SÓ...
MALES (HÁ) QUE VÊM POR BEM
MARATONA ELEITORAL
METER A PATA NA POÇA
MAOMÉ (SE) NÃO VAI À MONTANHA…
MARGEM DE MANOBRA
MAS ENFIM…
MECA (A) DE …
MEIO DE SÍTIO NENHUM (NO)
MERECIDO DESCANSO
MESTRE EM / DE… (É)
MIL VEZES (NÃO)
MIMÉTICO
MÍTICO
MÓ (A) DE BAIXO
MOURO NA COSTA
MURALHA / MURO DE INDIFERENÇA
NADA DE NOVO NA FRENTE DE …
NADA NA MANGA
NÃO EXCLUI(R) NENHUMA HIPÓTESE
NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS
NÃO MEXER UMA PALHA
NÃO PODER REPIMIR (UMA
                    EXCLAMAÇÃO / LÁGRIMA)
NÃO TUGIR NEM MUGIR
NÃO VÁ O DIABO TECÊ-LAS
NEVOEIRO DENSO
OBRAS DE SANTA ENGRÁCIA
OLHOS AMENDOADOS
OLHOS DE CARNEIRO MAL MORTO
ONDA AVASSALADORA
ONDA DE DESTRUIÇÃO
OUVIDOS DE MERCADOR
PÁGINAS (A) TANTAS
PAÍS (O) IRMÃO
PANO PARA MANGAS
PÃO (O) NOSSO DE CADA DIA
PAPA (O) DE …
PAREDES (AS) TÊM OUVIDOS
PASSAR A BARREIRA DE …
PAVOROSO INCÊNDIO
PEDRADA NO CHARCO
PEITO (DE) FEITO
PEQUENOS NADAS
PERDA IRREPARÁVEL
PERGUNTAR NÃO OFENDE
POMPA E CIRCUNSTÂNCIA
PÔR AS MÃOS NO FOGO
POR ESTRANHO QUE PAREÇA
POR MUITAS ORDENS DE RAZÕES
POR VIA DE REGRA
PRECIOSO LÍQUIDO
PRECIPITAR-SE NOS BRAÇOS
PREENCHER UMA LACUNA
PREGADO AO CHÃO  (FICAR)
PREJUÍZOS INCALCULÁVEIS
PROCESSO KAFKIANO
PROFUNDAMENTE CONSTERNADO
PROPORÇÕES DANTESCAS
PULGA (A) ATRÁS DA ORELHA
PURA E SIMPLESMENTE
PUXAR A BRASA À SUA SARDINHA
QUATRO CANTOS DO MUNDO (OS)
QUEBRAR O SILÊNCIO
QUERO (AQUI) DIZER
RÁPIDO COMO O PENSAMENTO
REQUINTES DE CRUELDADE /
                                           MALVADEZ
RESPIRAR ALIVIADO
RAIO DE SOL ATRAVÉS DE (FRINCHA,
                                           PERSIANA…)

RANGER OS DENTES
RARA VIOLÊNCIA (UMA) (DE)
RASTO DE DESTRUIÇÃO
RECLAMAR INOCÊNCIA
REGRESSO AO PONTO DE PARTIDA
RIGOROSO EXCLUSIVO
ROTA DE COLISÃO
ROTUNDO FRACASSO
ROUBAR A ALEGRIA
RUAS DA AMARGURA
RUÍDO ENSURDECEDOR
RUIR COMO UM CASTELO DE CARTAS
SABOR AMARGO
SACO DE GATOS
SACUDIR A ÁGUA DO CAPOTE
SANGUE, SUOR E LÁGRIMAS
SÃO E SALVO
SEGREDO (O) DOS DEUSES
SELVATICAMENTE ASSASSINADO
SEM REI NEM ROQUE
SILÊNCIO ENSURDECEDOR
SILÊNCIO SEPULCRAL / DE CHUMBO
SIMPLES MAS SIGNIFICATIVO
SÍTIO ERRADO À HORA ERRADA (NO)
SOL RADIOSO
SOLTAR UM GRITO
SOLTAR UMA GARGALHADA
SONORA VAIA
SUAR AS ESTOPINHAS
SUBMERSO EM /NOS PENSAMENTOS
SUCESSO ESTRONDODO / RETUMBANTE
TAPETE DE FOLHAS (outono)
TECER DURAS CRITICAS
TEMER (-SE) O PIOR
TIRAR AS CONSEQUÊNCIAS
TIRAR NABOS DA PÚCARA
TOPO DE GAMA
TRAGÉDIA CONSUMADA
TRÁGICO DESENLACE
UNHAS (COM) E DENTES
VACAS SAGRADAS
VAGA DE DESTRUIÇÃO
VALE O QUE VALE
VELOCIDADE VERTIGINOSA
VENTO EM POPA (DE)
VIRAR A / DE PÁGINA (O)
VISIVELMENTE EMOCIONADO
VITÓRIA ESMAGADORA /
                            RETUMBANTE
VIVER NUMA REDOMA
VIZINHA ESPANHA


4 comentários :

Fanático_Um disse...

Mário, à longa lista que nos oferece, numa primeira leitura poderia acrescentar-se o "dito isto" em que o Prof. Marcelo é "useiro e vezeiro".

Gi disse...

A verificar entre estas quais as expressões que uso... ai ai...

Virginia disse...


Caí na esparrela de ler este post e fiquei bué preocupada com a minha escrita. Tenho de passar os meus posta a pente fino e mandar embora os rastos de destruição que a solidão por vezes provoca.
Vou procurar esse manual do Mário de Carvalho, pois gosto muito do autor. Faz-me rir...

Mário Gonçalves disse...

"Dito isto" é boa sugestão, Fanático_Um. Não há repórter televisivo que não o pronuncie. É um lugar comum "oral" ;D

Mas, Gi e Virgínia, esta lista não é para proíbir ! Era o que faltava, tabus... é mais para nos rirmos dos maus textos onde surgem às dezenas. A mim escapam-me por vezes, espero que não às dezenas.