domingo, 17 de janeiro de 2016

Charlotte Hellekant, contralto excelentíssima


Não abundam vozes de contralto femininas como esta. Impressionante, com um timbre invulgar e uma solidez a toda a prova - ainda não a conhecia, e estou deslumbrado.

Este He was despised é uma coisa...


Deh, piangete, oh mesti lumi, também de Handel:



-----------------------
Ah, estou quase a celebrar 200 000. Faltam dois ou três dias...


4 comentários :

Virginia disse...



Bem merece os 200. Cada entrada sua é uma enciclopédia de saber , de fotos magníficas, de pormenores deliciosos e até de sugestões musicais ou turisticas. Nunca deixe de escrever...

Esta ária do Messias lembra-me um aluno da Escola Profissional de musica onde fui professora dois anos. Queria ser tenor. Cantarolava a toda a hora , mas de inglês pouco sabia. Corrigi-lhe e pronúncia e numa gala, fez um brilharete cantando He was despised. Nunca mais me esqueci....

humming disse...

Também não a conhecia, vou procurar mais.

200 000 é um excelente número. Cem mil são visitas minhas! hehe



Mário Gonçalves disse...

Virgínia,
deu aulas numa escola de música ? Ena, deve ter sido uma bela experiência, faltou-me essa. Gostei da história do 'seu' tenor.

Ana,
dou-lhe os 100 000 de bom grado !

Virginia disse...



Quando abriu a Escola Profissional de Música nos anos 90, era eu orientadora de estágio no Carolina e tinha a 2ª feira livre. Convidaram-me para lá dar aulas. O melhor da experiência foi ter como colegas músicos da Regie Symphonie de saudosa memória, dos quais fiquei amiga. Uma das flautistas deu aulas ao meu filho e ainda hoje são muito amigos, apesar de ela ter ido para a Bélgica.
Os alunos eram muito especiais e o programa inventado por nós. Consegui dar aulas de Inglês, usando a Dido e Eneias de Purcell e o Cats de Lloyd Webber. Consegue imaginar??

Saí e eles fecharam dois anos depois por falta de verbas. Foi uma experiência inolvidável!!