quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Feira de Natal em Belgravia - typical posh


Por esta altura não há cidade do centro da Europa que não tenha o seu mercado de Natal, com barraquinhas decoradas de fios de luz a animar a noite, que cai muito cedo. Este ano fui sortudo por ficar alojado em Belgravia, junto à bonita esquina de Ebury e Elizabeth Street, onde abriu um mercadinho de Natal ao longo de alguns 50 metros, se tanto. O mercado de Natal de Belgravia já é uma tradição de muitos anos.

Ebury Street, parece uma aldeia dentro de Londres.

Na esquina, um café (!) - o TomTom. E com esplanada em Dezembro. Havia outro mais adiante, para... fumadores.



Na outra esquina. uma confeitaria "criativa" e "gourmet" - o melhor bolo de laranja do mundo !


E também com esplanada. No dia do mercado não havia mesa livre.


Uma das lojas - um bairro sossegado, elegante e caríssimo.

O bairro de Belgravia só em 1824 começou a ser urbanizado: antes era uma zona rural pantanosa e mal frequentada, Five Fields, nas margens do Tamisa. Construído de forma planificada em estilo Georgiano tardio, é completamente plano e de planta quase quadriculada - um paraíso para peões e ciclistas, tanto mais que o pouco trânsito flui com a maior tranquilidade.

O mercado abriu ao meio dia, mas foi pelas 15 que esteve mais animado.



A tendinha do TomTom.

Vinhos e castanha assada. "Mulled wine" é vinho aquecido... (dispenso).

Um castiço de tweed. Cachemiras e peles a preço upa upa.


Não faltou um palco com Carols de Natal, ora cantados ora tocados por uma banda de metais.

A fantasia da quadra: caudas postiças, suponho que seja novidade 'made in China'.

Com a presença de uma jovem e simpática rena, amiga de festinhas.


Sempre um homem de sucesso.

O TomTom encheu e passou a servir o café em copo de plástico, mais quentinho (a escaldar!).


Uma experiência nova, e bem agradável. Londres, a infernal, ainda tem recantos de paraíso.

Pronto. É o meu post da quadra natalícia.
Boas Festas !



4 comentários :

Enviar um comentário