terça-feira, 22 de agosto de 2017

O tesouro Viking de Galloway, Escócia



Habitualmente designado The Galloway Hoard, foi descoberto em 2014, soterrado, um espólio Viking riquíssimo, prováveis pertences de gente importante. Já é famoso o alfinete do pássaro dourado:

Peça única, o pássaro de ouro tem um bico curvo como o de um flamingo, que só havia no Mediterrâneo.

Foi um entusiasta de achados, usando um detector de metais ao passear em terras de pasto pertencentes à Church of Scotland, quem alertou para o que lhe pareciam várias peças de ouro. E eram, do século IX ou X, e de um valor actualmente milionário.


Peças de ouro e prata, incluindo contas, braceletes e broches, enchiam um vaso Carolíngio com tampa que era um verdadeiro pote de ouro. A exposição actualmente a decorrer no National Museum of Scotland ( a não confundir com a National Gallery) ocupa um pequeno mas precioso espaço do enorme edifício.
Um dos broches encontrado dentro do vaso. A forma de anel aberto nunca tinha sido encontrada na Escócia.


Os broches em quadrifólio, têm duas faces simbolizando a vista e o ouvido.




Contas de colar, amuletos e broches, alguns embrulhados em tecido, enchiam até cima o vaso selado.

Entretanto decorre uma campanha para conseguir dois milhões de forma a garantir que o espólio fica no dominio público e não para a Igreja.
http://www.nms.ac.uk/national-museum-of-scotland/whats-on/the-galloway-hoard/

Galloway fica no extremo sudoeste da Escócia.


0 comentários :