quarta-feira, 25 de dezembro de 2019

Casa da Música 2020, bonjour tristesse


Não vou repetir queixas e lamúrias de 2019 sobre a programação infeliz deste "Ano de França". Deixo só aqui o pouco que seleccionei para minha agenda CdM 2020, que só começa em... Abril!

4 de Abril
Grande Missa K427, de Mozart, dir. Leopold Hager
Katharina Konradi, soprano

8 de Maio
A 9ª Sinfonia de Mahler, dir. Eliahu Inbal

20 de Maio
Grigory Sokolov, a anunciar

22 de Maio
Beethoven, Conc. piano #3 + Brahms, Sinf. #2
dir. e piano de Christian Zacharias

3 de Julho
Haydn, sinf. #74 + conc. p/ violoncelo
Elia Cohen Weissert, dir. Christian Zacharias

11 de Setembro
Triplo concerto de Beethoven
Trio Van Beerle, dir. Michael Sanderling

10 de Outubro
Bach e Telemann, obras orquestrais, violino e oboé
Pedro Castro, dir. Rachel Podger

23 de Outubro
Conc. p/ violino de Mendelssohn
Diana Tishchenko vl. , dir. Eliahu Inbal

31 de Outubro
Sinf. #7 de Beethoven, dir Stefan Blunier

6 de Novembro
Sinf. #1 Titã, de Mahler, dir. Stefan Blunier

14 de Novembro
Missa da Coroação k317, Mozart
Christina Landshamer, dir. Joseph Swensen

Espremidinho, dá uma dúzia de concertos, mas nenhum entusiasmo nem grandes expectativas, a não ser talvez esta última K317 com a Landshamer. Surpresas, só o diálogo improvável de Pedro Castro com Rachel Podger em Bach e Telemann. E é engraçado: no ano da França (ah ah), aproveitam-se concertos de Mozart, Mahler, Beethoven... onde está um Rameau que valha a pena ?

Fica como aperitivo a voz celestial da Landshamer a cantar o Incarnatus est da Missa K427 de Mozart:


0 comentários :