quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Astrofotografia - prémios 2010

1º prémio, foto de Tom Lowe: silhueta de velha árvore contra a Via láctea. Pinheiros que podem viver 5000 anos contra estrelas de há 30 000.

Prémio "Deep Sky", foto de Rogelio Andreo: as 3 estrelas da constelação Orion e uma vista "épica" das nuvens de gás e poeira. E a nebulosa "cabeça de cavalo" ao centro, em baixo.

Prémio "As pessoas e o Espaço", foto de Steven Christenson: há um dia do ano em que o sol poente espreita entre este arco de rochedo em Pfeiffer Beach , Big Sur, California.


Mais em:

http://www.nmm.ac.uk/visit/exhibitions/astronomy-photographer-of-the-year/winners/

4 comentários :

Gi disse...

Muito bonitas. A última é um achado: não haverá quem diga que uma civilização desaparecida construiu o arco na rocha de acordo com dados astronómicos precisos ;-)?

Mário disse...

:) Dava um best seller, um blockbuster e um boom turístico...

Fernando Vasconcelos disse...

Eu prefiro a primeira. Confesso que muitas vezes nas noites mais escuras e em locais mais descampados gosto de entrever a via láctea colocando as mãos como palas e olhando o céu ... A foto da nossa galáxia em sintonia com a velha árvore é sublime.

Mário disse...

Gi, Fernando: qualquer das fotografias suscita espanto pelo mundo que nos rodeia, que pode ser belo como uma sinfonia ou um poema se tivermos olhos (e sorte) para o saber ver.