sábado, 30 de abril de 2011

Hoje às 18h

Antena 2, Il Trovatore em directo do MET.

produção David McVicar

dirige James Levine, com Sondra Radvanovsky, Dolora Zajick, Marcelo Álvarez, Dmitri Hvorostovsky, Stefan Kocán

12 comentários :

Fernando Vasconcelos disse...

Hum a essa hora estou a sair para outra música ...

Paulo disse...

Já estou quase a caminho de NY.

Mário disse...

Neste caso, sorte lisboeta, ganham 5-0 à vontade...

Paulo disse...

Veremos. Não sou grande fã da Sondra, apesar de ser aparentemente muito certinha. A ver se me surpreende logo.

Gi disse...

Vamos ver se me deixam ouvir um bocadinho...

Paulo disse...

Oxalá, Gi. Será um óptimo sinal.

Mário disse...

Também espero mais do elenco masculino, Paulo. O timbre da Sondra é feio.

Mário disse...

Uau, o Dmitri Hvorostovsky é fabuloso!

Mário disse...

A Azucena de Dolora Zajick também, bela voz.

A Sondra, muito excesso de vibrato quase fora de controle.

Paulo disse...

O Dmitri é e esteve fabuloso.
A Dolora é uma grande Azucena mas tem um problema: a dicção. A Sondra, além do vibrato caprino, extremamente cansativo, tem igualmente uma dicção péssima. Não tem consoantes.
O Marcelo faz de conta que é um grande intérprete. Vocal e cenicamente. Grande abundância de expressões e gestos inapropriados.

Mário disse...

Totalmente de acordo!!

A Sondra irritou não só pelo timbre e mau vibrato, também pelo granulado da voz. Não percebi tanta aclamação.

Mas deve ter sido uma bela produção, globalmente, com duas vozes magníficas e uma direcção sábia.

Paulo disse...

Foi muito cansativo. Tudo. Se quiser ler uma opinião em Catalão, com a qual concordo, vá ao In Fernem Land. Pode utilizar o tradutor manhoso.