segunda-feira, 13 de março de 2017

Repousando nos aposentos do mar, e a envelhecer ouvindo as sereias...
com T. S. Eliot.


Um excerto do poema 'The Love Song of J. Alfred Prufrock':
..........

I grow old ... I grow old ...
I shall wear the bottoms of my trousers rolled.

Shall I part my hair behind?   Do I dare to eat a peach?
I shall wear white flannel trousers, and walk upon the beach.
I have heard the mermaids singing, each to each.

I do not think that they will sing to me.

I have seen them riding seaward on the waves
Combing the white hair of the waves blown back
When the wind blows the water white and black.
We have lingered in the chambers of the sea
By sea-girls wreathed with seaweed red and brown
Till human voices wake us, and we drown.
                                                                              T. S. Eliot


Estou a ficar velho... estou a ficar velho...
Hei-de usar a dobra das calças revirada.

E se fizesse risca no cabelo atrás? Ainda me atreverei a trincar um pêssego?
Hei-de vestir calças de flanela branca, e passear na praia.
Já ouvi as sereias, a cantar umas para as outras.

Não creio que cantem para mim.

Tenho-as visto a cavalgar as ondas para o largo
Penteando os fios brancos das ondas encrespadas
Quando o vento sopra as águas em branco e negro.
Temos repousado nos aposentos do mar
Entre as ondinas enroladas em algas rubras e castanhas
Até que vozes humanas nos despertam, e naufragamos.


[muito agradecido à jovem que me facultou a citação :)]

1 comentários :

Virginia disse...

Parece que adivinhou. Hoje coloquei uns versos de T.S.Eliot no meu Facebook. :)

Gosto muito da poesia dele. Faz-me lembrar a faculdade... :) On était jeunes....on était foux. :)

Enviar um comentário