sexta-feira, 26 de abril de 2013

Cruda Sorte - che sospiri la libertà

Lascia ch'io pianga
mia cruda sorte,
e che sospiri
la libertà.

Três gerações:

Marilyn Horne


Renée Fleming


Julia Lezhneva

2 comentários :

Gi disse...

E a sua preferida é?

Mário disse...

Boa questão, Gi. Sei lá.

São tão diferentes...

Noutra altura teria preferido a Horne. Mas ela exagera mesmo no vibrato, às vezes sem qualquer beleza adicional, antes pelo contrário.

Se ao menos tivesse uma versão da DiDonato...

A Julia Lezhneva é a que gosto mais de ouvir, agora, destas três.