quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Wordsworth, como uma noite da Lapónia




Thy thoughts and feelings shall not die,
Nor leave thee, when grey hairs are nigh,
A melancholy slave;
But an old age serene and bright,
And lovely as a Lapland night,
Shall lead thee to thy grave.

O que pensas e sentes não morrerá,
nem te deixará, quando o cabelo grisalho vier,
um melancólico escravo ;
Mas uma idade avançada serena e clara,
e linda como uma noite da Lapónia,
te conduzirá à sepultura.


[To a Young Lady, 1805]



Action is transitory - a step, a blow,
The motion of a muscle - this way or that -
'Tis done; and in the after-vacancy
We wonder at ourselves like men betrayed:
Suffering is permanent, obscure and dark,
And has the nature of infinity.

Agir é transitório - um passo, um golpe,
Um músculo que se move - desta ou daquela maneira -
Está feito; e no repouso que segue
Olhamos para nós próprios como homens traídos:
O sofrimento é permanente, obscuro e negro,
E tem a natureza do infinito.


[ The Borderers, 1832 ]


(...)
Whether we be young or old,
Our destiny, our being's heart and home,
Is with infinitude, and only there;
With hope it is, hope that can never die,
Effort and expectation, and desire,
And something evermore about to be. 

Sejamos nós novos ou velhos,
o nosso destino, o coração e a casa do nosso ser,
está na infinitude, e só aí;
Está com a esperança, que não pode morrer,
com esforço e expectativa, e desejo,
E outra coisa ainda quase a nascer.


[The Prelude, Book VI, 1888 ]



2 comentários :

Enviar um comentário