quinta-feira, 10 de julho de 2014

Frio, frio, é -93.2º


Agora que vem aí calor a valer, deixo aqui notícia dos valores extremos a que 'temos direito' no planeta.

A temperatura mais fria da Terra foi recentemente registada por satélite: -93.2º Celsius (-135.8 F).

Fica numa crista (ridge) montanhosa na Antártida, no Planalto Oriental, onde a temperatura pode descer a esses níveis numa noite límpida de Inverno.


A crista corre entre dois cumes na placa de gelo: Dome Argus (o mais alto, acima de 4000 m) e Dome Fuji .

Um cientista no cimo do Dome A

Dome A ou Dome Argus (80° 22′ S, 77° 21′ E) fica 1200 km para o interior do continente. É a mais alta formação de gelo na Antártida, mas não é realmente uma montanha no sentido convencional, apenas o mais alto ponto da crista de gelo.

As mais baixas temperaturas não são observadas no cimo mas sim em cavidades que se formam um pouco mais abaixo, nas encostas, onde sopram ventos violentos.


A cerca de 4000 m, a crista é fria e extremamente seca. Também está isenta de turbulência atmosférica, sendo portanto um excelente local para observações astronómicas.

É tão calmo no topo, não se sente vento nenhum. As imagens astronómicas  obtidas no 'Ridge A' são pelo menos três vezes mais nitidas que nos melhores locais da Terra onde se faz observação. Como o céu é tão negro e seco, até um modesto telescópio obteria imagens tão boas como os melhores do mundo.”

Ninguém sobrevive a -93º C, nem por poucos minutos, sem um fato isolado e aquecido, como o dos astronautas. Qualquer bocadinho do corpo exposto congelaria quase instantâneamente.

Esta zona fica em completa escuridão durante os 5 meses do inverno antártico.

Este vídeo explica o aparecimento das temperaturas mais baixas:

Pensa-se que a temperatura no Dome A pode descer até aos -102°C .

A presença humana mais próxima está na estação científica chinesa Kunlun :


A base Kunlun, a 4083 m de altitude, só está habitada durante o Verão antártico, por segurança, pois qualquer descuido com o isolamento térmico seria fatal.

Os investigadores chineses que construíram a base trabalharam sempre em fatos electricamente aquecidos, mesmo com os -40º C do Verão.

Já uma vez aqui mostrei a mais fria povoação do planeta, a aldeia russa de Oymyakon , com um recorde de -71.2 ºC.

Só para comparar, o ponto mais quente até hoje registado fica no deserto de sal Dasht-e Lut no sudeste do Irão, que atingiu +70.7º C em 2005. Uf !



Ler mais.



2 comentários :

Gi disse...

Mais uma vez, temperaturas extremas, não, obrigada!

Mário Gonçalves disse...

Eu só estava a ser didáctico, Gi!
Talvez aprecie mais a sequência :)