quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Homenagem à islamofobia - Le Coran c'est de la merde.


Não, eu não gostava do estilo do Charlie Hebdo. Agora gosto.
Um jornal dizimado, exterminado. Pior que os meus piores pesadelos misantropos para 2015. É isto, o Islão.

Vive Charlie Hebdo.
Le Coran c'est de la merde.


Adeus Cabu, adeus Wolinski, fazem cá falta :(

NON !

2 comentários :

Virginia disse...


Tive a assinatura do Charlie durante anos em Lisboa. Gostava de algumas bandas e dos cartoons. Perdi-lhe o rasto quando deixei Lisboa e nunca mais o li, nem mesmo na net.

Fez História. Paz à sua Alma humorística.

Mário Gonçalves disse...

Quase tão revoltante como o crime islâmico contra o Charlie Hebdo, é a interpretação sociológica e multicultural de alguma esquerda que já anda a dizer que a culpa é do capitalismo neo-liberal que gera dsespero e violência; do ocidente imperialista e a sua agressão aos povos do médio-oriente; ou do radicalismo da extrema-direita que tudo orquestra para tirar dividendos de simpatia pela 'ordem' e a 'xenofobia'.

E ainda há gente a escrever que foi bem feito, a culpa é 'deles', estavam a pedi-las.

A humanidade, c'est vraiment la merde.

Enviar um comentário