segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Um jardim báltico no Haase, miniatura de paraíso.


Não é um jardim grande, nem público, nem famoso, é apenas o jardinzito das traseiras do Hotel Haase em Lübeck.

Da sala do pequeno almoço...

... acede-se ao jardim por portas de madeira com caixilhos envidraçados onde figurava uma transparência da Porta Holsten, o símbolo da cidade.




Jardins no mês de Agosto é sempre boa ideia.


Give me odorous at sunrise a garden of beautiful flowers where I can walk undisturbed.
                          Walt Whitman


Here's flowers for you;
Hot lavender, mints, savoury, marjoram;
The marigold, that goes to bed wi' the sun
And with him rises weeping: these are flowers
Of middle summer, and I think they are given
To men of middle age.

                                           Shakespeare

O meu caminho preferido - e o das abelhas.


- I think they are given
To men of middle age, too.
Or older even. -

                                                                                                         
----------
Disclaimer
não tenho nada a ganhar com publicidade ao hotel

4 comentários :

Gi disse...

O jardim é um apetite, Mário, e a sala do pequeno-almoço também.

Virginia disse...


Parece o meu post sobre o botânico ontem :)

Boa estadia!

Fanático_Um disse...

Tudo com aspecto invejável! Aproveite ao máximo e vá partilhando, para podermos sonhar.

Mário Gonçalves disse...

Hélas, já acabou.

Nunca me entusiasmei por aí além com terras alemãs. Desta vez até correu melhor - a costa báltica não é aquela Alemanha interior fechada, é muito mais arejada e vive um ritmo descontraído. Mesmo assim não me convence totalmente, falta um toque distinto que encontro facilmente em Itália, França ou Reino Unido.

A Alemanha será rica, mas não parece. A Itália, sendo pobre, tem muito mais riqueza. Em França sinto-me feliz.

Obrigado pelas visitas.