segunda-feira, 21 de junho de 2010

Solstício de Verão

Nem sempre o Verão merece celebração, mas como neste momento são 21h15 e o sol acaba de pintar um horizonte vermelho sobre o mar, e ainda consigo escrever sem luz eléctrica, enquanto ouço o 1º movimento da 6ª de Mahler (o mais feliz da sua obra, talvez) por Valery Gergiev, resolvi deixar um pequeno tributo fotográfico ao solstício:

Na minha varanda:

As estacas de protecção das dunas há pouco mais de meia hora:

Efeitos do sol tardio pelas 9 h na minha janela:

Pronto, fez-se noite. Por esta hora, os jogadores da Coreia do Norte estarão com as vidas desgraçadas.

8 comentários :

Gi disse...

Bonitas fotos, Mário, e obrigada por nos ter lembrado o solstício.
Pois, eu também pensei no tenebroso destino da equipa norte-coreana.

Fernando Vasconcelos disse...

Eu nem quero pensar nesse destino ... a sorte deles é não haver espaço para uma Sibéria ... Quanto ao Mahler e o pôr do sol é difícil encontrar melhor combinação

Mário disse...

Gi, Fernando,

Bom Verão, e com toda esta promissora "crise", felicitemo-nos de não ter medo. Os coreanos nao têm Sibéria, mas aqueles homens nunca mais vão ter oportunidades decentes na vida, se é que alguns não têm a temer fisicamete. Também aí os ideais humanistas do desporto falham. E não gostei nada que quem ganha por 5 ou 6 a zero precise de um golo "divertido" como quem está a brincar com o mal dos outros.

Fernando Vasconcelos disse...

Não foi de propósito Mário ... Os que são da equipa do Exercito vão safar-se ... é que ninguém quer perder.

Gi disse...

Oh Mário, mas aquela golo foi mesmo "divertido", foi o Cristiano a brincar com a bola como o faz a treinar em casa, como faziam os putos do nosso tempo na rua. Podia nem entrar na baliza, mas porque haveria ele de fazer outra coisa em vez do que sabe fazer?

Fernando, para os da equipa do Exército não poderá ser pior ainda?

Fernando Vasconcelos disse...

Ah isso depende da filosofia Coreana. Eu até acho que estes jogadores não são nada maus. Serão certamente os melhores da Coreia do Norte. Se a equipa do Exercito quiser continuar a ganhar ...

Paulo disse...

Também não me parece que o golo divertido tenha sido propositado. O Cristiano nem sabia bem onde estava a bola, de repente ela apareceu-lhe nos pés e ele chutou.

Mário disse...

Pronto, pronto, retiro o comentário ao golo divertido. "Soou-me" mal mas foi inocente :)