quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Um (S) a menos na 1ª página do Público?

Gralha na 1ª página do Público ?

"Não devemos temer grupos radicais mas quem fica em casa"

Lamentável? Faltou o S? ou talvez não?

Lá dentro, Boaventura S. Santos afirma que "indivídios desesperados" poderiam fazer mais mossa. "Se mandarem alguma coisa, poderão não ser pedras, mas outras coisas mais letais".

Aqui fica a sugestão. Afinal, era sem S mesmo.

2 comentários :

Gi disse...

Esta não percebi à primeira. Mas já está.
Ai a maioria silenciosa...

Mário disse...

Pois. O sr. Boaventura acha que não devemos temer grupos radicais, porque ainda haverá pior, quem mande coisas "letais".

Pior só mesmo ficar em casa.