sábado, 25 de janeiro de 2014

Euromaidan

Ora aí está o que é um povo digno e corajoso. Não se escudam com militares. Não combatem múmias. Enfrentam um dos estados mais poderosos e (ainda) repressivos do mundo. E sabem que a liberdade pode não lhes trazer enriquecimento.
À beira disto, o 25/4/74 é uma comédia.














4 comentários :

Virginia disse...

Os portugueses são uns pamonhas, adoram queixar-se, lamentar-se e chorar. O fado é bem o espelho deste povo meio árabe, meio morto, preguiçoso e iletrado.

Faz pena.....

Mário Gonçalves disse...

:) isso mesmo, Virgínia.

pricca disse...

Este post é um fado...
:)

Mário Gonçalves disse...

Não vejo porquê. Lamento? Chôro? Preguiçoso? Iletrado ?

É a celebração de outro povo, sim, a que teria mais orgulho de pertencer.

Enviar um comentário