segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Uma volta pelo Ártico na quadra de Natal


Por esta altura, vive-se a 'longa noite' no Ártico, o Sol nem se chega a levantar nas latitudes acima dos 65º N. As iluminações natalícias são particularmente bem-vindas, para alegrar essa escuridão prolongada.

Barrow, Alasca
71º 17' N

Nome, Alasca - a cidade da corrida ao ouro.
64º 30' N

Iqaluit, Canadá (arquipélago ártico)
63º 45' N

Tasiilaq, Gronelândia (costa oriental)
65º 36' N

Longyearbyen, Svalbard Islands  - a mais ártica das cidades:
78º 13' N

Røros, Noruega
62º 34' N

Yakutsk, Sibéria - a capital do frio.
62º 02' N

Æðuvík, Ilhas Faröe
62° 04′ N

Tórshavn, Ilhas Faröe
60º 00' N

Trondheim, Noruega, uma jóia sub-ártica.
63º 25' N

Sisimiut, Gronelândia (costa ocidental) - convívio comunitário.
66º 56' N

E a celebração das luzes também acontece no céu.


Para escapar à misantropia, nem que seja por breves instantes.


6 comentários :

Enviar um comentário