domingo, 24 de julho de 2016

Gloucester, cidade de uma admirável catedral


Pequena cidade portuária (foz do rio Severn), com uma situação perfeita entre os Cotswolds (a leste) e a exuberante Forest of Dean, a oeste, Gloucester tem pouco mais que justifique uma visita do que essa localização e esta catedral dos séc. XII-XIV, normando-gótica, em particular pelo seu claustro forrado a vitrais.



The Cathedral Close

A torre é símbolo da cidade.

O côro, com o chão coberto de painéis de belo mármore.



Impressionante é o grande vitral do altar-mor:

O grande janelão de por trás do côro.
Imagem HR aqui.


A nave é o núcleo normando de fins do séc. XII, com colunas largas e deselegantes. Tudo o resto é gótico glorioso e exuberante. Comecemos pelo claustro, um dos mais belos que já vi.



As galerias do claustro.
Obra de Thomas de Canterbury, entre 1351 e 1377, que substituiu o claustro original.


O tecto abobadado em leque é o mais antigo em Inglaterra, e só é ultrapassado pelo da King's Chapel de Cambridge.


O ambiente de luz pareceu favorável à realização de várias sequências da série Harry Potter.



Os vitrais são o maior deslumbramento. Alguns detalhes sem comentário:










Chaminés e gaivotas, um contra-luz típico de Gloucester.


-------------------------
A seguir : Cheltenham e os Barokksolistene, um festival

1 comentários :

Virginia disse...



Se não estivesse num lugar que adoro, a minha praia, morria de inveja. Mas gpsto de o saber a vaijar e a ver coisas como esta catedral. A Inglaterra tem igrejas, castelos, mosteiros e palácios incríveis e é difícil conhecer tudo. Preservar é que deve custar balúrdios!!!Mas eles conseguem!!

Obrigada pelas fotos maravilhosas.....