segunda-feira, 11 de julho de 2016

Grande dia no Festival de Cheltenham, e os despachos no Euro 16


Hei-de voltar ao assunto, mas o concerto dos Barokksolistene da Noruega foi um dos melhores da minha vida. Fasch, Corelli, Vivaldi, Rebel, Bach e os mais fantásticos 'Fireworks' de Handel numa sala cheia e de acústica fenomenal - o Cheltenham Hall.

À saída, entusiasmado, nem me lembrei da final P-F em foot. Who cares, really. Depois soube que houve um francês brutamontes que despachou o CR e só aí o jogo me despertou algum interesse, não patriótico, mas  uma fobiazita anti-gaulesa. Foi de pouca dura, foram despachados eles também, após o devido sofrimento.

Grande orquestra, dirigida com imensa energia e alegria, vencedora da noite, esta Barokksolistene de Bergen, que Bjarte Eike fundou em 2005.

0 comentários :

Enviar um comentário