quinta-feira, 25 de agosto de 2016

as with rosy steps the morn, com os Barokksolistene


Já publiquei no Livro um vídeo desta ária, cantava a insubstituível Lorraine Hunt: aqui

Agora tenho uma segunda versão, bem diferente e quase tão sublime como a de Hunt; é a mezzo-soprano norueguesa Tuva Semmingsen que canta com os já aqui divulgados Barokksolistene (que tive a sorte de ouvir em Cheltenham), no seu recente disco 'London Calling'.

Optando por um ritmo (demasiado?) lento, o agrupamento barroco dirigido por
Bjarte Eike foge um pouco à norma de rapidez mais em voga nas interpretações historicistas. Consegue assim um ganho de subtileza, introspecção, quase melancolia; o fabuloso contraponto instrumental que Handel desenhou para dialogar com o canto é aqui ainda mais saliente, mais audível, e aparece mais genial ainda (sem contudo superar Lorraine Hunt, dirigida por William Christie, a interpretação perfeita...).

video

As with rosy steps the morn,
Advancing, drives the shades of night,
So from virtuous toils well-borne,
Raise Thou our hopes of endless light.



0 comentários :