sábado, 17 de abril de 2010

Eyjafjallajökull

Com um nome destes, não admira que rebente em explosões de lava e lance toneladas de cinza pelos céus.

Os homens esquecem facilmente que o planeta não é um hotel com spa e ar condicionado (felizmente). E a fragilidade dos nossos "life-supporting systems" é evidente perante fenómenos como este: muitas das comodidades que damos por adquiridas entram em completa falência.

Do que mais precisamos não é de "proteger o planeta Terra": é sim , e cada vez mais, de nos proteger do planeta Terra. E isso só com mais ciência.

4 comentários :

Xico disse...

Jacinto, de A cidade e as serras, viajava de Paris, cómodamente, até Tormes, no final do século XIX, pela velha linha do Douro.
Sem passar em Madrid, Barcelona, Porto ou Lisboa. Era só Paris, Salamanca, Tormes.
Hoje Cavaco voará de Barcelona ou não?!

Mário disse...

Jacinto tinha todo o tempo do mundo...que inveja!

Fernando Vasconcelos disse...

Bem esta imagem é linda ! Ainda não tinha visto uma imagem da erupção e estou fascinado. Depois é como diz com um nome assim é mesmo para explodir!

Mário disse...

Caro Fernando,

Ainda bem que cá veio: tenho oportunidade para lhe pôr uma questão sobre o seu blog. Tenho tido muitas dificuldades em aceder - recebo uma mensagem a perguntar se quero executar um script e demora que tempos - fica a página bloqueada uns minutos. Que devo fazer? há algum download que acelere as coisas? ou é a minha configuração da ligação que devo alterar?