sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Birdsong, finalmente



Só agora tive oportunidade de ver a mini-série de 2 episódios para a BBC-TV "Birdsong", baseado num romance histórico de Sebastian Faulks.

O melhor e o pior do estilo BBC num só filme: actores impecáveis, bem dirigidos, que constroem as suas personalidades com espantosa autenticidade; enredos fluentes, sem aborrecer nem sobressaltar; cenários ricos e bem documentados. Por outro lado, um estilo anémico e quase escolar, de manual, que os torna todos semelhantes, privados de alma e de espanto, quase tudo vagamente expectável ou amenamente inesperado. Parece que tiram o sangue e alma às obras literárias, como uma versão em "abridged english for beginners". Está lá o "essencial" , dir-se-á, mas é o essencial da historinha - faltam os exageros, destemperos, desequilíbrios, brutalidades ou mesmo chatezas próprios de uma obra literária. Falta chama.

Mas gostei muito de ver, foi um bom entertainment para duas noites de mau tempo, e há sem dúvida rasgos de humanidade em desespero (1ª grande guerra) de grande sensibilidade, bem narrados e enquadrados, momentos de beleza cinematográfica q.b.; in the end, a beleza cinematográfica de um estagiário competente com bom gosto.

Por cá, enfim, nem isso.


(obrigado, Cor em Movimento ! )

2 comentários :

Enviar um comentário