domingo, 27 de dezembro de 2009

Oymyakon, Yakutia : encontro de Chyskhaan, o Senhor do Inverno, com o Pai Natal

Ded Moroz, o Pai Natal, encontra-se com Chyskhaan, o Senhor do Inverno, na aldeia de Tomtor, Yakutia, Sibéria.

Na cultura eslava, o tradicional Ded Moroz ("Avô Gelo") equivale ao Pai Natal , mas com diferenças: não anda nem voa de trenó, antes caminha com uma longa vara mágica, e não diz "Ho, ho, ho". Tem raízes em crenças pagãs, mas desde o séc XIX a lenda e os atributos foram "actualizados" para gostos mais modernos.


Chyskhaan é uma personagem do folclore da Yakutia. O seu nome na linguagem Sakha da Yakutia tem várias traduções, mas significa " Touro do Gelo ". Chyskhaan e Ded Moroz encontram-se no Pólo do Frio, a aldeia de Oymyakon, para distribuir o Inverno pelo mundo. Segundo a lenda de Chyskhaan:

"Chyskhaan existiu sempre. Tem a tarefa de manter o frio confinado a determinadas latitudes, altitudes e regiões. Mantém a pureza fria e gelada do Ártico e Antártico. No Yule, o dia mais curto e a noite mais longa, as gentes do Norte juntam-se para o saudar e oferecem-lhe prendas para que leve o frio embora e deixe o Sol regressar. Chyskhaan junta todas as prendas e redistribui-as aos mais necessitados, guardando para si o mínimo para a magia em que vai trabalhar nos próximos meses: mandar embora a Noite e trazer o Sol. Ao mesmo tempo, tem que controlar o degelo para evitar que as aldeias sejam inundadas. E tem de esconder sob a neve os intrumentos de magia para que pessoas mal intencionadas não as usem em seu proveito. "

YULE

Yule é um festival celebrado no Inverno entre os povos Germânicos, que foi progressivamente absorvido pelo Natal cristão. Era celebrado para pedir "uma estação fértil e pacífica" e consistia em ritos e sacrifícios a Odin. Na tradição nórdica, Yule começa com o tocar dos sinos na tarde de julaften ("Véspera de Yule") em 24 de Dezembro, em que também levanta e se decora a árvore .

Curiosidade: no livro de J.K.Rowling "Harry Potter and the Goblet of Fire", há um "baile de YULE" no colégio de Hogwarts, ao anoitecer da noite de Natal.

Oymyakon, o Pólo do Frio

Oymyakon , na Sibéria oriental, a 63°15′N 143°9′E , é o local mais frio do hemisfério Norte e a povoação permanente mais fria do mundo. Se temperaturas de - 50º são frequentes no Pólo Norte e de -40º no Evereste, em Oymyakon o recorde foi atingido a 26 de Janeiro de 1926: - 71,2º C !

Temperatura amena em Oymyakon

Só na Antártida se registam temperaturas mais baixas - até agora o recorde absoluto está em −89.2 °C - mas na base russa de Vostok, que tem ocupação temporária.

O Festival Internacional Pólo do Frio tem lugar anualmente em Tomtor, Oymyakon.

Esta parte da Sibéria ficou tristemente para a História por ser o local de campos de "trabalho" - os GULAG - sob o regime de Estaline. Para construir a estrada de Kolyma, “estrada sobre ossos”, a maioria dos prisioneiros deu a vida em condições infra-humanas. Hei-de voltar ao assunto com um post sobre as "Cidades do Gulag" - Yakutsk, Vorkuta e Norilsk. Actualmente, apesar do frio e das ruínas industriais soviéticas , os povos da Sibéria lutam para conseguir condições de vida decentes, mais modernas, alegres e coloridas, reatando também com tradições e festividades.

Alguns links:

http://en.wikipedia.org/wiki/Yule

http://en.wikipedia.org/wiki/Ded_Moroz

http://www.yakutiatravel.com/eng/facts.htm

Imagens : WENN , Picasa

0 comentários :

Enviar um comentário