sábado, 19 de maio de 2012

Dieskau, uma tília




Silêncio, nada mais.

2 comentários :

Virginia disse...

Ouvi-o em Lisboa a cantar Lieder, no tempo em que eu própria cantava num coro de música alemã da FLUL. Gosto muito de Schubert e os Lieder fazem-me nostalgia.

Abº

Paulo disse...

Não há tília como a dele, seja qual for a versão e o pianista.

Enviar um comentário