segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Vem aí uma sequela do Blade Runner ? Crime, digo eu.


[ainda em Gand, Bélgica]
--------------------------

É certo que houve episódios da série Alien (depois do primeiro, realizado por Ridley Scott) que foram muito bons filmes. Mas o Blade Runner desse mesmo Ridley Scott é um filme acabado. Genial, avassalador, polissémico, está feito e bem feito e é História, sem possibilidade de ser prolongado. Que se diria de um Pássaros II, do E.T. - II, de Titanic II ou Lawrence da Arábia II ? Ou Solaris II ? O 2001 (II) já foi o inevitável barrete que se sabe...

Há filmes (como livros) em que é crime mexer, mesmo que seja para ampliar - a ampliação sai desfocada e a mostrar deficiências graves. Blade Runner é de culto e é intocável - irrita-me profundamente que queiram menorizá-lo com um apêndice forçosamente malformado.

Deixo aqui dois momentos sublimes - a  abertura (a imagem e a música de Vangelis em feérico baile futurista, uma montagem estonteante) e a cena final  "I watched C-beams glitter in the dark near the Tannhäuser Gate", uma daquelas frases que jamais se esquecem, ditas como são por um herói moribundo (Rutger Hauer no papel da sua vida) numa encenação intensamente dramática - era Ridley Scott no seu melhor.

(é melhor com o som forte !)

video

I watched C-beams glitter in the dark near the Tannhäuser Gate:
video

A Grécia antiga sempre presente, uma imagem que parece vinda do fundo dos tempos.

1 comentários :

Gi disse...

Concordo.
Soube que saiu agora um remake de Ben-Hur, o que acho um perfeito disparate.