sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Uma 'Lágrima' comovente por Tatyana Ryzhkova


Quando eu 'tocava' guitarra, uma das peças que conseguia levar até ao fim era esta 'Lágrima' de Tárrega. 16 compassos, curtinha mas muito linda:

Génio numa só folha de pauta. Composta cerca de 1890.

Fiquei com enorme saudade desses tempos ao ouvir esta superlativa interpretação de Tatyana Ryzhkova, longe, muito longe acima do que eu era capaz. Nem Julian Bream, que era a referência, conseguia este milagre de perfeição. Publicada agora, anteontem melhor dizendo.



1 comentários :

Enviar um comentário