domingo, 25 de julho de 2010

Bela tradução: as sedas bordadas do céu

Grato a Carlos Pires do Dúvida Metódica, que me forneceu a tradução de Miguel Esteves Cardoso de um dos "poemas da minha vida":
He Wishes For The Cloths Of Heaven
Had I the heavens' embroidered cloths,
Enwrought with golden and silver light,
The blue and the dim and the dark cloths
Of night and light and the half-light,

I would spread the cloths under your feet:
But I, being poor, have only my dreams;
I have spread my dreams under your feet;
Tread softly because you tread on my dreams.

William Butler Yeats


Tradução de Miguel Esteves Cardoso:

Se eu tivesse as sedas bordadas do céu,
com bainhas de luz de ouro e de prata,
as sedas azuis e sombrias e escuras,
da noite e da luz e da meia-luz,

deitava-as todas aos teus pés.
Mas eu sou pobre e só tenho os meus sonhos.
Deitei-os todos aos teus pés.
Pisa com cuidado,

é nos meus sonhos que estás a pisar.

5 comentários :

Xico disse...

O poema é lindíssimo, a tradução nem por isso. Mas não se pode ter tudo.

Gi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gi disse...

Uma opinião um bocadinho diferente da do Xico: o poema é lindíssimo e a tradução não está nada má :-)
Estender em vez de deitar aos pés talvez ficasse melhor, e pisar os sonhos em vez de nos sonhos talvez fosse preferível, mas todos sabemos que traduzir poemas é muito difícil.

E eu devia ler mais poesia.

Carlos Pires disse...

Encontrei a tradução não sei onde na Internet, mas a primeira vez que a li foi na revista K ou no Independente - o MEC publicou-a como presente para a esposa.

Mário disse...

Xico: a tradução nunca chega ao nível do poema, mas o M.E.C. teve algum mérito; gosto menos do último verso - não consigo ver boas alternativas. Resta ainda beleza q.b. na tradução, não?

Gi: de acordo, mas "estendia-as todas aos teus pés"? Naaa...soa mal.

Carlos: não conhecia, não lia o Independente nem a K ! Obrigado mais uma vez.