quarta-feira, 28 de julho de 2010

O sole mio, vê se te encobres !

Aaah, o que eu não dava por umas férias no Ártico !

Decididamente, odeio calor a mais. Mosquitos, incêndios e praias apinhadas. Carros a escaldar. Gente de torso nu em ruas e esplanadas. Gente que que bebe de mais e conduz. A casa feita estufa e o computador esbaforido a soprar ar quente para cima de mim.

Quando reincarnar, que seja no Alasca. Ou, vá lá, na Escócia.

3 comentários :

Gi disse...

Pobre Mário...

Alberto Velez Grilo disse...

Já está quase a passar!

Se quer que lhe diga, eu tenho saudades do calor seco do Alentejo. Por aqui os dias vão frescos mas com uma humidade terrível.

Mário disse...

Felizmente veio a típica Nortada refrescar um bocadinho. Parece que nos Açores tem estado óptimo, Alberto. É o refúgio mais próximo....