sexta-feira, 12 de março de 2010

A Ópera em Graz II:

Julia Kleiter

O Helmut-List Halle, nova sala de concertos e ópera de Graz, foi construído porque a acústica da antiga ópera era, digamos, mázinha - bem o comprovei, para meu desgosto.

http://www.helmut-list-halle.com/

A nova sala é feia q.b., parece um shopping português, mas ao que dizem tem uma acústica incrível. Um dos maiores acontecimentos desde que abriu foi o Idomeneo de Mozart, dirigido por Harnoncourt, de novo "em casa".

Julia Kleiter foi uma revelação: uma voz como agulha de diamante que navega com grande souplesse pelas espiras do canto mozartiano, com um belo e cristalino timbre. Não é uma voz grande (Wagner, nunca), mas parece uma Mozartiana de excepção.

Desde 2004, já tem vindo a levantar uma bela carreira , foi dirigida po Minkowski (na Flauta), Muti, Abbado (no Fidelio), Jacobs...

Helmut List Halle
Mozart, Idomeneo
Styriarte 2008, Graz
Nikolaus Harnoncourt
Ária "Zeffiretti lusinghieri", Julia Kleiter



Gravação de eleição: a Criação de Haydn, dirigida por Jacobs com a Freiburger Barock, em que Julia Kleiter é Eva e um fabuloso anjo Gabriel!

2 comentários :

Alberto Velez Grilo disse...

Tal como em Portugal, quando a casa de ópera mais antiga tem uma acústica má, constrói-se uma nova! Enfim, outras realidades...

Julia Kleiter, perfeitíssima, sublime e bela em Mozart...

Mário disse...

Se puder, Alberto, ouça-a na "Criação" de Haydn. Talvez o melhor Gabriel de sempre!